Lesson Study e videoaulas na formação do professor de matemática

Regina da Silva Pina Neves

Propomos um projeto de investigação que considera a Aula de Matemática como elemento central de análise e reconstrução teórico-metodológica da ação docente, assumindo como hipótese que: a experiência formativa provocada pela adoção do Lesson Study e a produção das videoaulas, impactará positivamente na formação inicial do licenciando em matemática da UnB e no desenvolvimento profissional de todos os envolvidos, contribuindo na melhoria da qualidade do processo de ensino e de aprendizagem de matemática no Distrito Federal.

   O Lesson Study (“Jugyokenkyu”) é um processo muito comum na cultura escolar japonesa e amplamente adotado desde meados do século XX. De modo geral, o LS é descrito por Yoshida (1999) como um processo que tem como principais etapas: o planejamento; o ensino; a observação e a análise das aulas. As três etapas originais são: planejamento - estruturação da aula e da tarefa a ser desenvolvida de maneira colaborativa e coletiva entre os docentes ou futuros docentes (KyozaiKenkyu);  desenvolvimento da aula - o responsável por uma turma aplica a tarefa elaborada na  etapa anterior, enquanto os demais observam e registram, com foco na aprendizagem dos estudantes (KenkyuJyugyo ou KoukaiJyugyo) e análise - analisar, refletir e discutir  entre  os docentes, com base nas observações realizadas na sala de aula  (JyugyoKentoukai). 

   O trabalho é desenvolvido permitindo alterações, modificações, complementações e melhorias, além de ter a possibilidade de ser desenvolvido novamente na mesma turma ou em uma turma diferente, mas de mesmo nível de escolarização (CERDA, 2009). Um aspecto fundamental do processo é a possibilidade do trabalho ser realizado em grupo, procurando identificar dificuldades dos estudantes, preparando em detalhe uma aula que, depois, é observada e analisada em profundidade.

   Nas pesquisas a partir do Lesson Study, observamos o uso frequente do vídeo para o registro de sessões de trabalho, ou, ainda, na produção de videoaulas de matemática, o que tem melhorado aspectos de registro e gerado material de qualidade e fácil acesso.

   Propõe-se gravar videoaulas, no intuito de constituir um repositório de videoaulas de matemática para a Educação Básica.

Visualize o projeto completo AQUI