Ecologias Cognitivas na formação do professor de Física

Marcello Ferreira

   Com o dinamismo e a instabilidade do ensino e da aprendizagem, as demandas educacionais estão sempre se reformulando no intuito de se adequar cada vez mais às novas tecnologias de inteligência individual e coletiva. O projeto “Ecologias cognitivas na formação do professor de Física” tem como objetivo criar um espaço multiuso que integre ações de ensino, pesquisa e extensão a fim de promover a formação inicial e continuada de professores de Física nas modalidades presencial e a distância.

   Trata-se do espaço InterFor, idealizado pelo Instituto de Física da Universidade de Brasília (IF/UnB) por meio do Núcleo de Pesquisa em Ensino de Física (NPEF), das Coordenações das Licenciaturas em Física e do Programa de Pós-Graduação em Mestrado Nacional Profissionalizante em Ensino de Física (MNPEF), para organizar e unificar estratégias de trabalho em grupo que incentivem a investigação, o estudo e a comunicação colaborativa. As ações estão embasadas na ideia de que o trabalho em grupo pode ser visto como uma estratégia cultural para respostas a problemas e desafios, amparada nas tecnologias digitais.

   Concretamente, o projeto visa à construção de cinco ambientes, são eles: um laboratório de tecnologias digitais; um estúdio para a produção de materiais didáticos; uma sala de aula no modelo “sala de aula invertida”; organização dos espaços de estudo e pesquisa; e uma sala para webconferência, cursos, capacitações e bancas. O desenvolvimento da proposta promove melhor compreensão das relações tecnologia-conhecimento movimentadas na formação do professor, tornando-se um elemento de inovação do IF/UnB em suas ações multimodais e multiníveis.

           Visualize o projeto completo AQUI